quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

CADA UM É ÚNICO


Cada um é único.


Cada ser humano tem suas peculiaridades.
Cada um tem sua história, crenças e pensamentos, que estão diretamente ligados à sua criação.
As experiências vividas na infância, os modelos familiares, os comportamentos adotados e os valores arraigados, constituem a essência de uma pessoa.
Muitos sofrem desnecessariamente por querer transformar os outros de acordo com suas crenças.
Esquecem quão profundamente essas verdades estão estruturadas.
As pessoas são únicas e todos estamos evoluindo a milênios, encarnação após encarnação:

“Ninguém é igual a ninguém e ninguém é perfeito”.
Todos nós sabemos que nenhum ser humano é perfeito.
Os pais não são perfeitos.
O chefe não é perfeito.
Os empregados não são perfeitos.
Os clientes não são perfeitos.
Os amigos não são perfeitos.
O cônjuge não é perfeito.
Os filhos não são perfeitos.
Nós (você e eu) também não somos perfeitos.
Todo mundo sabe disso.


Então por que queremos encontrar no outro a perfeição ?
Afinal, se estamos fazendo uma viagem de aprimoramento, a imperfeição faz parte do processo evolutivo.
Portanto, por mais virtudes que alguém tenha, cometerá, em algum momento da vida, pequenos deslizes.
Ou seja, as pessoas são como são, por suas próprias razões e não para magoar os outros.

Se não se comportam segundo nossas expectativas, julgamos que estão agindo daquela maneira para nos magoar, quando, na verdade, esse é apenas o seu jeito de ser.
Portanto, vamos repensar nossas atitudes e aceitar a vida em todas as suas formas, cores e dimensões e as pessoas como elas são.

Lembre, quanto mais seguro você se sentir em seu processo de mudança, menos dependerá da decisão alheia, menos se sentirá prisioneiro de alguém ou de alguma coisa.

A mudança inicia em você.
Quando você muda, o mundo muda ... ao seu redor !

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

MENSAGEM DA FAMILIA ZAPOLLA


A todos aqueles que são da nossa familia ZAPOLLA e a todos aqueles a quem consideramos da "nossa familia ZAPOLLA" ...

ESTAMOS COM FOME DE AMOR ,

Estamos com fome de amor...
(JORNAL O DIA! Arnaldo Jabor)

O que temos visto por ai ???
Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer... mas???

Chegam sozinhas e saem sozinhas...
Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...
Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não!

Se fosse, era resolvido fácil, alguém dúvida?
Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama .... sexo de academia .. . .

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos,
sem se preocuparem com as posições cabalisticas...
Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.
Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...
Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"
Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...
Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...
Pra chegar a escrever essas bobagens?? (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas...

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...
"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...
Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem haver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...
E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"
Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...
O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...
Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

sábado, 18 de dezembro de 2010

TER OU SER

Ser ou Ter


O nosso corre-corre não nos deixa parar para perceber se o que já temos já não é suficiente para nossa vida.
Nos preocupamos muito em TER.
Ter isso, ter aquilo, comprar isso, comprar aquilo.
Os anos passam e quando nos damos conta, esquecemos do mais importante da vida:
Viver e ser Feliz!!
Às vezes, para ser feliz, não precisamos de tanto TER.
Podemos nos dar conta que o mais importante na vida é SER.
Esse SER, tão esquecido, muitas vezes não é difícil de se realizar.
As pessoas precisam parar de correr atrás do TER e começar a correr atrás do SER:
Ser amigo, ser amado, ser gente etc.

Tenho certeza de que, quando SOMOS, somos muito mais felizes do que quando TEMOS
O SER leva uma vida toda para se conseguir, e o TER, muitas vezes conseguimos logo.
So que o SER não acaba e nem se perde, mas o TER pode terminar logo.
O SER, uma vez conseguido, e eterno e o TER é passageiro e, mesmo que dure muito tempo, pode não trazer a felicidade.

Aí vem o vazio da vida das pessoas.

Tente SER e não TER e você sentirá uma felicidade sem preço.

Espero que você deixe de cobrar o que fez e o que não fez nesses anos.

Tente o mais importante SER FELIZ!!!!!!

“ Você esta onde quer estar?

Você esta com a pessoa que quer estar?

Você esta fazendo o que quer fazer?

Você esta querendo o que esta fazendo?

Ser feliz é sentir-se bem com você mesmo.”

Quando somos capazes de doar recursos próprios para auxiliar os

nossos semelhantes, encontramos a felicidade no ato de servir.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A FELICIDADE PODE DEMORAR



A Felicidade Pode Demorar


Ás vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.

Às vezes nos falta esperança.
Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar.. é nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de
viver até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um por do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma
brisa batendo em nosso rosto é a força da natureza nos chamando para a vida.

Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade.
Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram...descobre também que outras disseram
eu te amo uma única vez e agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.
Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes.

Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, e
certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço vale mais que qualquer palavra.. esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar.

Aproveite sua familia que é uma grande felicidade, quando menos esperamos iniciam-se períodos difíceis em nossas vidas.

Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não
for recíproco, pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso, do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é
necessário, existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo.

Não procure querer conhecer seu futuro antes da hora, nem exagere em seu sofrimento. Esperar é dar uma chance à vida para que ela coloque a pessoa
certa em seu caminho.

"A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna."

(Luiz Fernando Veríssimo )

sábado, 9 de outubro de 2010

DE BEM COM A VIDA

De bem com a vida

Hoje eu vou encher de liberdade o meu dia.
Rasgar todos os compromissos, vou voar deitada numa folha imaginária...

Hoje eu quero ficar de bem com a vida
parar de questionar coisas que eu nunca entendi...
Deixar a velha mania de analisar as falhas humanas e esquecer de chorar maldades e calúnias recebidas...

Eu vou zoar das trapaças do mundo cantando uma seleção de músicas bregas, completamente absorta às opiniões alheias...

Hoje eu estou de bem com a vida e que ninguém tente interromper essa liberdade de ser eu mesmo...

Hoje eu entendi que perdi muito tempo e que toda primavera veleja rápido, pelos mares do destino.

Hoje eu tirei férias de mim mesmo...

E decidi de uma vez por todas, que não vou mais brigar com a vida. .
Vou é estar sempre de BEM com ela !!!

Bom dia !!

Entre Você e Deus


Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.

Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto e franco assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz assim mesmo.

O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã.
Faça o bem assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus.

Nunca foi entre você e as outras pessoas.


__._,_.___

sábado, 2 de outubro de 2010

A verdadeira amizade

20/image001.gif" border="0" alt=""id="BLOGGER_PHOTO_ID_5523595903679957682" />

A verdadeira amizade está acima de quaisquer valores financeiros.

Todo o dinheiro do mundo não seria suficiente para adquirir uma amizade leal, já que é um sentimento que não está à venda.

E por mais rico que seja um ser humano, ele não será completamente feliz se não contar com, pelo menos, um amigo fiel.

De nada valeria ser a pessoa mais famosa do mundo, se não pudesse contar suas alegrias a um amigo.

De nada adiantaria ter todas as riquezas materiais que o mundo pode oferecer, se não houver uma amizade para compartilhar.

Por outro lado, ainda que a pessoa seja a mais pobre da face da terra, se tiver um amigo verdadeiro,nunca passará necessidade.

Quando outras emoções se enfraquecem no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada das pessoas que se estimam.

Ter amizade é ter coração que ama e esclarece que compreende e perdoa, nas horas mais amargas da vida.

A amizade pura é uma flor que nunca morre.


__._,_.___

Dia de Faxina



Estava precisando fazer uma faxina em mim...
Jogar alguns pensamentos indesejados para fora,
lavar alguns tesouros que andavam meio enferrujados...

Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais.

Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões...
Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei;
Joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que não li.
Olhei para meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas...
E as coloquei num cantinho, bem arrumadas.

Fiquei sem paciência!... Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão:
Paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito,
mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste...
Mas lá também havia outras coisas... e belas!

Um passarinho cantando na minha janela... aquela lua cor-de-prata, o pôr do sol!...
Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças.
Sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas.

Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou.
Peguei aspalavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima,
pois quase não as uso, e também joguei fora no mesmo instante!

Outras coisas que ainda me magoam,
coloquei num canto para depois ver o que farei com elas,
se as esqueço lá mesmo ou se mando para o lixão.

Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta que a gente guarda tudo o que é mais importante:
o amor, a alegria, os sorrisos, um dedinho de fé para os momentos que mais precisamos...
como foi bom relembrar tudo aquilo!

Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos,
coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas,
deixei-as à mostra, para não perdê-las de vista.

Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância,
na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurada bem à minha frente,
coloquei a minha capacidade de amar... e de recomeçar...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

ÀS VEZES


Às vezes
Fernando Pessoa


Deus costuma usar a solidão
para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
compreender o infinito valor da paz.

Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar
a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar
a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
compreender o valor do ar.

Outras vezes usa a morte, quando quer
nos mostrar a importância da vida.

sábado, 4 de setembro de 2010

ATA DA POSSE DE DIRETORIA DO LC BRODOWSKI 2010/2011







Associação Internacional de Lions Clubes
LIONS CLUBE DE BRODOWSKI
Distrito LC-6 – Região D-3 – AL. 2010/2011


ATA nº 03/2010-2011
Assembléia Geral Festiva de Posse da Diretoria

Aos 27 dias do mês de julho de 2.010, no Centro Social Lions Clube, à Rua José Fabbri, nº 335, em Brodowski-SP, realizou-se a ASSEMBLEIA GERAL FESTIVA DE POSSE DA DIRETORIA 2010/2011 do Lions Clube de Brodowski. Às 20h30min., o CL José Luis Suarez Pugnoli fez a formação da mesa principal que ficou assim constituída : CL Caetano Adami Neto/Dom. Rosa Meire, Presidente 2009/2010; CL Mauricio de Souza/CaL Selma, Casal Governador LC-6, AL 2009/2010; CL Manoel da Rocha Freitas/CaL Célia, Governador AL 2006/2007, do LC Sertãozinho; CL Antonio Paulo Caliento/CaL Deise, Governador AL 2004/2005, do LC Rib. Preto/Centro, Sr. Alessandro Rufato, Representante do Prefeito Municipal, Sr. Nelson Luiz Borges e Sra., Venerável da Loja Maçônica Compromisso de União, de Brodowski; os Presidentes de Clubes ALTINOPOLIS, BATATAIS, RIB. PRETO/IPIRANGA, RIB. PRETO/JARDIM PAULISTA, RIBEIRÃO PRETO/CENTRO; RIBEIRÃO PRETO/CAMPOS ELISEOS; SERTÃOZINHO, PEDREGULHO/USINA DE ESTREITO, FRANCA/CENTRO, FRANCA/INOVAÇÃO e CRAVINHOS, assessores distritais( todos que constam do livro de presença), CL Edison Luiz de Vicente/Dm. Ana Elisa, Venerável da Loja Maçônica Luz de Brodowski, Sr. Paulo César Perez e Sra., Presidente da A.C.I., Sr. Clarindo Brandão e sra. (Presidente do Rotary Clube), e finalmente o Casal CL José Mário Jorge/Dm. Mariza Eliana Carreira Jorge, Presidente eleito para o AL. 2010/2011, conduzido à Mesa Principal pelo CL Antonio Douglas Zapolla, fundador do LC Brodowski e Coordenador Geral do Distrito LC-6, AL 2010/2011. A seguir, o CL Antonio Olimpio Dias fez a Invocação a Deus, seguida de uma salva de palmas ao Pavilhão Nacional. Dentro do protocolo, o CL Caetano Adami Neto, Presidente, nomeou o CL Elves Sciarretta Carreira como Mestre de Cerimônias da noite. Este iniciou os seus trabalhos convidando o CL José Luis Suarez Pugnoli, Diretor Social, para apresentar as efemérides e datas sócias da semana. Depois, convidou CL Antonio Douglas Zapolla para fazer a saudação aos visitantes e autoridades, o qual destacou os clubes visitantes: ALTINOPOLIS (11), BATATAIS (16), RIB. PRETO/IPIRANGA (6), RIB. PRETO/JARDIM PAULISTA (4), RIBEIRÃO PRETO/CENTRO (4); RIBEIRÃO PRETO/CAMPOS ELISEOS (3); SERTÃOZINHO (4), PEDREGULHO/USINA DE ESTREITO (3), FRANCA/CENTRO (1), FRANCA/INOVAÇÃO (4) e CRAVINHOS (2) , a importância da presença do Casal Governador do Distrito e o valor do calor humano dos companheiros visitantes e encerrou dando um abraço fraterno no casal CL José César Ricci / Dom. Vera Lúcia Zapolla Ricci, Presidente do LC Ribeirão Preto / Centro, ela sua irmã, o que o deixou muito emocionado dizendo que esta participação de sua família em Lions representa o bem que os seus saudosos pais, José e Izaura, lhe deixaram, em formação de caráter e conduta. Prosseguindo, o CL Antonio Paulo Caliento, em nome de Lions Internacional, fez a entrega solene do titulo de COMPANHEIRO MELVIN JONES ao CL ANTONIO OLIMPIO DIAS, Presidente AL 2007/2008 e 2008/2009, láurea que traduz o grande trabalho que o companheiro desempenha dentro de Lions. O CL Dias emocionado agradeceu esta honraria que o LC Brodowski lhe distinguiu, o que o motiva ainda mais a continuar sua missão dentro do leonismo. Ainda dentro do protocolo oficial, o CL MAURICIO DE SOUZA, Governador LC-6, fez a posse oficial de dois novos companheiros do LC Brodowski: CL GUILHERME BARTOLOMEU ADAMI (filho do casal Presidente CL Caetano Adami Neto/Rosa Meire, que foram seus padrinhos) e CL MARCO ANTONIO DELADO / Dom. IVANETE, apadrinhado pelo CL Edison Luiz de Vicente/Ana Elisa. O CL Governador pediu ao CL Manoel da Rocha Freitas que fizesse a leitura do Código de Ética do Leão e ao CL Antonio Douglas Zapolla que lesse os Objetivos de Lions. Fez uma explanação sobre as finalidades de Lions e a importância do serviço desinteressado e do companheirismo em nossas vidas. Os padrinhos colocaram os pins nas lapelas dos novos associados e receberam a pasta contendo material leonístico e foram saudados de pé por todos os presentes. A seguir, o CL Caetano Adami Neto, Presidente 2009/2010, fez a entrega de pins 100% de freqüência aos CCLL : Antonio Douglas Zapolla, Antonio Olimpio Dias, Caetano Adami Neto, Edison Luiz de Vicente, Elves Sciarretta Carreira, João Paulo Chapina, José Luis Suarez Pugnoli e José Mário Jorge. Logo em seguida, o Mestre de Cerimônias convidou o CL Caetano Adami Neto / Dom. Rosa Meire, Presidente 2009/2010, para descerrar o seu quadro na galeria de Presidentes, que foi feito com a ajuda do Casal Nelson Agostinho / Dom. Sandra, padrinhos do casal Presidente. Dentro do protocolo na seqüência, o CL Caetano Adami Neto, presidente que deixava o cargo, fez a sua mensagem final de um modo emocionado, lembrando o AL 1994/1995, quando foi presidente do LC Brodowski. Destacou a importância da participação de todos os CCLL e domadoras que ajudaram o casal Presidente neste AL 2009/2010 a desenvolver um trabalho dos mais dignos, onde alcançou todos os seus objetivos. Foi aplaudido de pé por toda a assembléia presente. Foi feita também a troca de mimos e presentes entre os casais presidentes, que emocionados agradeceram. Depois o CL Caetano / Dom. Rosa passou os PINS de Presidente ao Casal CL José Mário Jorge / Dom. Mariza Eliana Carreira Jorge. Este deu sua primeira martelada no sino oficial do clube e empossou a sua diretoria que ficou assim formada: Past Presidente; CL Caetano Adami Neto/Rosa Meire; Vice Presidente; CL José Luis Suarez Pugnoli/Carmem; Secretário: CL José Luis Suarez Pugnoli/Carmem; Tesoureiro; CL João Paulo Chapina/Elizandra; Diretor de Associados: CL Antonio Olimpio Dias/Ivone; Diretor Social: CL Elves Sciarretta Carreira/Maria Aparecida; Diretores de Patrimônio/Centro Social: CL Caetano Adami Neto/Rosa Meire e CL José Emilio Reatto/Célia; Oradores: CL Elves S. Carreira/Maria Aparecida e CL Nelson Agostinho/Sandra; Coordenador do Concurso do Cartaz sobre a Paz: CL Elves S. Carreira/Maria Aparecida; Diretor Vogal: CL Edison Luiz de Vicente/Ana Elisa; Comissão de Festas/Jantares/Eventos Recreativos: CL Celso Aparecida Reatto/Márcia e CL Marco Antonio Delado/Ivanete e Editores do Boletim: CL Antonio Douglas Zapolla/Tarcília e CL Elves Sciarretta Carreira/Maria Aparecida. Deixou uma mensagem emocionada dizendo da importância deste de cargo em suas vidas, relembrando o AL 1991/1992, quando assumiram pela primeira vez o cargo de Presidente do LC Brodowski, e finalizando dizendo que pautarão o trabalho neste AL 2010/2001, com ENVOLVIMENTO, COMPROMISSO E AÇÃO POR UM MUNDO MELHOR, lema que os nortearão em todas as atividades e trabalhos, já conclamando a todos para mais uma vez trabalharem com muita responsabilidade na VI PIAZZA DELLA NONNA, tradicional festa italiana da cidade, dentro das comemorações da Semana de Portinari e 97º Aniversário de Brodowski, e onde o LC Brodowski será o responsável pela barraca das bebidas. A seguir, o CL Elves Sciarretta Carreira, Mestre de Cerimônias encerrou os seus trabalhos e devolveu o medalhão ao Presidente. Para falar em nome dos clubes visitantes, foi convidado o CL Luiz Mendes Junior, do LC Franca/Centro, que relembrou que aqui esteve no AL 1991/1992, quando da primeira posse do CL José Mário/Mariza e fez um brilhante pronunciamento exortando todos a trabalharem pelo leonismo atual. Em nome dos dirigentes leonísticos, falou o CL Manoel da Rocha Freitas, Governador AL 2004/2005, do LC Sertãozinho, que destacou a importância do LC Brodowski também do Distrito LC-6. Em nome das autoridades locais, falou o Sr. Nelson Luiz Borges, Venerável da Loja Maçônica Compromisso de União 2837. Após estes pronunciamentos, o CL Caetano Adami Neto, Presidente desta Assembléia Geral Festiva de Posse, encerrou a reunião e solicitou a todos que saudassem o Pavilhão Nacional, convidando a todos para um jantar fraternal. Nada mais, eu, CL José Luis Suares Pugnoli, Secretário 2010/2011, lavrei a presente ata, que será assinada pela diretoria 2010/2011 e enviada à Governadoria do Distrito LC-6.

Brodowski, 27 de julho de 2.010



CL José Mário Jorge – Presidente AL 2010/2011


CL José Luis Suarez Pugnoli – Secretário AL 2010/2011



Obs.: Presentes :
CCLL e Domadoras LC Brodowski : 30
CCLL e Domadoras visitantes: 58

Convidados locais : 9

Total de participantes : 97 pessoas.


ENVOLVIMENTO, COMPROMISSO E AÇÃO POR UM MUNDO MELHOR.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Prof.a LUCIA BUENO DE ALMEIDA SILVEIRA


Lúcia Bueno de Almeida Silveira,
a Professora Lúcia:
“Fonte inesgotável de amor e dedicação nas coisas que acreditava. Nossa saudade será eterna”.

Esta foi a simples, porém sincera homenagem, prestada pelo Departamento Municipal de Cultura e Turismo de Brodowski, onde ela exercia as funções de Coordenadora das Ações Culturais. Estes dizeres, com sua foto juntamente com seus colegas de trabalho, estavam numa singela faixa estampada no palanque das autoridades no último Desfile Comemorativo aos 97 anos de Brodowski que ela idealizou e programou, durante a XXXV Semana de Portinari da qual era Presidente e no recinto da Piazza della Nonna, local onde exercitava uma das coisas que mais gostava de fazer: cantar para o seu povo.
Por toda a sua vida se dedicou às coisas de sua amada cidade. Quando foi embora e nos deixou no último dia 09/08/2010, estava no auge de suas atividades, produzindo como ninguém, com muito amor e dedicação, coisas lindas para enriquecer, ainda mais, a cultura do seu povo. Seu aniversário seria em 13/08.
Como professora emérita, foi uma das melhores que nasceu e pisou este solo abençoado da Terra de Portinari e Saulo Ramos. Podemos dizer seguramente, sem medo e errar, que setenta por cento das pessoas com 40 a 50 anos de idade desta cidade, foram seus alunos. Lecionou Língua Portuguesa na Escola Estadual Coronel José Aleixo da Silva Passos - JASP e Escola Candido Portinari onde trabalhou por muitos e muitos anos, entre outras. Dentre seus inúmeros afazeres, estava sempre disponível para ajudar seus alunos, mesmo depois de formados. Auxiliava-os desde a elaboração de discursos de formatura, a monografias de final de curso, até teses de pós-graduação, mestrado e doutorado. Tudo passava pelo gentil crivo da Professora Lúcia e se tornava numa peça de real beleza.
Paralelamente a isto, trabalhou por mais de 30 anos para a área cultural da Prefeitura Municipal de Brodowski, programando e organizando as Semanas de Portinari (15 a 22 de agosto); os eventos em comemoração ao Aniversário da Cidade (22/08); Encontro Nacional de Companhias de Santos Reis; Carnaval Popular; Eventos com as Artesãs da cidade, e, nos últimos anos a Semana Cultural Saulo Ramos, seu admirado amigo.
Além de tudo isto, a Professora Lúcia cuidava, pessoalmente, das coisas de sua casa e de sua família e, encontrava tempo para tudo.
Competente, amiga, leal, idealista, enérgica, generosa! Esta foi a Professora Lúcia, ou melhor, um pouco dela, que o povo de Brodowski e em especial os seus amigos do Departamento Municipal de Cultura e Turismo, aprenderam a amar e a respeitar. Brodowski e seu povo perderam uma grande mulher, que foi, sobre tudo, professora e mãe dedicada.

Fonte inesgotável de amor e dedicação nas coisas que acreditava. Nossa saudade será eterna.

sábado, 14 de agosto de 2010

AFINAL, O QUE É O TEMPO ??


Incongruências da vida


Há horas em nossa vida que somos tomados por uma enorme sensação de inutilidade, de vazio. Questionamos o porquê de nossa existência e nada parece fazer sentido. Concentramos nossa atenção no lado mais cruel da vida, aquele que é implacável e a todos afeta indistintamente:
As perdas do ser humano.

Ao nascer, perdemos o aconchego, a segurança e a proteção do útero. Estamos, a partir de então, por nossa conta. Sozinhos. Começamos a vida em perda e nela continuamos.

Paradoxalmente, no momento em que perdemos algo, outras possibilidades nos surgem. Ao perdermos o aconchego do útero, ganhamos os braços do mundo. Ele nos acolhe: nos encanta e nos assusta, nos eleva e nos destrói.
E continuamos a perder e seguimos a ganhar.

Perdemos primeiro a inocência da infância. A confiança absoluta na mão que segura nossa mão, a coragem de andar na bicicleta sem rodinhas porque alguém ao nosso lado nos assegura que não nos deixará cair... E ao perdê-la, adquirimos a capacidade de questionar.
Por quê ? Perguntamos a todos e de tudo.
Abrimos portas para um novo mundo e fechamos janelas, irremediavelmente deixadas para trás.

Estamos crescendo. Nascer, crescer, adolescer, amadurecer, envelhecer, morrer.

Vamos perdendo aos poucos alguns direitos e conquistando outros. Perdemos o direito de poder chorar bem alto, aos gritos mesmo, quando algo nos é tomado contra a vontade. Perdemos o direito de dizer absolutamente tudo que nos passa pela cabeça sem medo de causar melindres. Assim, se nossa tia às vezes nos parece gorda tememos dizer-lhe isso.

Receamos dar risadas escandalosamente da bermuda ridícula do vizinho ou puxar as pelanquinhas do braço da vó com a maior naturalidade do mundo e ainda falar bem alto sobre o assunto. Estamos crescidos e nos ensinam que não devemos ser tão sinceros. E aprendemos. E vamos adolescendo, ganhamos peso, ganhamos seios, ganhamos pelos, ganhamos altura, ganhamos o mundo.

Neste ponto, vivemos em grande conflito. O mundo todo nos parece inadequado aos nossos sonhos, ah ! os sonhos !!! Ganhamos muitos sonhos. Sonhamos dormindo, sonhamos acordados, sonhamos o tempo todo.

Aí, de repente, caímos na real !
Estamos amadurecendo, todos nos admiram. Tornamo-nos equilibrados, contidos, ponderados. Perdemos a espontaneidade. Passamos a utilizar o raciocínio, a razão acima de tudo. Mas não é justamente essa a condição que nos coloca acima (?) dos outros animais ? A racionalidade, a capacidade de organizar nossas ações de modo lógico e racionalmente planejado ?

E continuamos amadurecendo, ganhamos um carro novo, um companheiro, ganhamos um diploma. E desgraçadamente perdemos o direito de gargalhar, de andar descalço, tomar banho de chuva, lamber os dedos e soltar pum sem querer.

Mas perdemos peso !!!
Já não pulamos mais no pescoço de quem amamos e tascamos-lhe aquele beijo estalado, mas apertamos as mãos de todos, ganhamos novos amigos, ganhamos um bom salário, ganhamos reconhecimento, honrarias, títulos honorários e a chave da cidade. E assim, vamos ganhando tempo, enquanto envelhecemos.

De repente percebemos que ganhamos algumas rugas, algumas dores nas costas (ou nas pernas), ganhamos celulite, estrias, ganhamos peso. e perdemos cabelos. Nos damos conta que perdemos também o brilho no olhar, esquecemos os nossos sonhos, deixamos de sorrir. perdemos a esperança.
Estamos envelhecendo.

Não podemos deixar pra fazer algo quando estivermos morrendo. Afinal, quem nos garante que haverá mesmo um renascer, exceto aquele que se faz em vida, pelo perdão a si próprio, pelo compreender que as perdas fazem parte, mas que apesar delas, o sol continua brilhando e felizmente chove de vez em quando, que a primavera sempre chega após o inverno, que necessita do outono que o antecede.

Que a gente cresça e não envelheça simplesmente. Que tenhamos dores nas costas e alguém que as massageie. Que tenhamos rugas e boas lembranças. Que tenhamos juízo mas mantenhamos o bom humor e um pouco de ousadia. Que sejamos racionais, mas lutemos por nossos sonhos. E, principalmente, que não digamos apenas eu te amo, mas ajamos de modo que aqueles a quem amamos, sintam-se amados mais do que saibam-se amados.

Afinal, o que é o tempo ?
Não é nada em relação a nossa grande missão. E que missão ! Fique em Paz !


Alberto R. Fioravanti

domingo, 16 de maio de 2010

O VERDADEIRO LIDER


"Para estar na frente, coloque os outros em primeiro lugar."

"O verdadeiro líder é prestativo. Serve as pessoas. Faz o melhor pelo interesse delas, e ao fazê-lo nem sempre será popular, nem sempre chega a impressionar. Entretanto, por serem mais motivados pelo amor ao próximo que pelo desejo de glória pessoal, os verdadeiros líderes estão dispostos a pagar o preço."
Eugene B. Habecker,
escritor

"Você deve amar seus liderados mais do que sua posição."
John C. Maxwell

O que significa servir, ser prestativo ?
Um líder verdadeiramente prestativo:

1 – Coloca os outros acima de seus compromissos pessoais
O primeiro sinal de que alguém é prestativo está na habilidade de colocar os outros acima de si próprio e de seus desejos pessoais. Significa mais do que colocar seus compromissos de lado. Significa estar deliberadamente consciente das necessidades das pessoas, disponível para ajudá-las e disposto a encarar seus desejos como importantes.

2 – Possui a confiança para ser prestativo
A segurança é o ponto verdadeiramente crucial quando a questão é ser prestativo. Mostre-me alguém que pensa ser importante demais para servir, e lhe mostrarei alguém basicamente inseguro. A forma como tratamos aos outros de fato reflete o que pensamos sobre nós mesmos.
A lei da delegação de poder diz que só líderes seguros delegam poder aos outros. Também é verdade que só líderes seguros demonstram ser prestativos.

3 – Tem a iniciativa de servir
Praticamente todas as pessoas serão prestativas se compelidas a fazê-lo. Algumas são prestativas em momentos de crise. Entretanto, você realmente pode ver o coração de alguém que tomo iniciativa de servir aos outros. Grandes líderes percebem a necessidade, aproveitam a oportunidade e servem sem esperar nada em troca.

4 - Não se preocupa com posição
Os líderes prestativos não se concentram na hierarquia ou na posição. Quando Normam Schwarzkopf caminhou no campo minado, a última coisa que passava por sua cabeça era a hierarquia. Tratava-se apenas de uma pessoa tentando ajudar outra. Quando muito, o fato de ser líder conferiu-lhe um sentimento maior de sua obrigação de servir.

5 – Serve por amor
O ato de servir não é motivado pela manipulação ou autopromoção. Ele é estimulado pelo amor. No final, o alcance de sua influência depende da profundidade de seu interesse pelos outros. Por isso é tão importante que o líder tenha disposição de servir
Pr. Ivanir Batista

quinta-feira, 13 de maio de 2010

DO BOM E DO MELHOR !

"DO BOM E DO MELHOR"
(Leila Ferreira)

Estamos obcecados com "o melhor".
Não sei quando foi que começou essa mania, mas hoje
só queremos saber do "melhor".
Tem que ser o melhor computador, o melhor carro, o melhor
emprego, a melhor dieta, a melhor operadora de celular, o melhor
tênis, o melhor vinho.

O bom, não basta.

O ideal é ter o top de linha, aquele que deixa os outros pra trás
e que nos distingue, nos faz sentir importantes, porque, afinal,
estamos com "o melhor".

Isso até que outro "melhor" apareça - e é uma questão
de dias ou de horas até isso acontecer.
Novas marcas surgem a todo instante.

Novas possibilidades também.
E o que era melhor, de repente, nos parece superado, modesto,
aquém do que podemos ter.
O que acontece, quando só queremos o melhor, é que passamos
a viver inquietos, numa espécie de insatisfação permanente,
num eterno desassossego.

Não desfrutamos do que temos ou conquistamos, porque estamos
de olho no que falta conquistar ou ter.
Cada comercial na TV nos convence de que merecemos ter mais
do que temos.
Cada artigo que lemos nos faz imaginar que os outros
(ah, os outros....) estão vivendo melhor, comprando melhor,
amando melhor, ganhando melhores salários.

Aí a gente não relaxa, porque tem que correr atrás, de
preferência com o melhor tênis.
Não que a gente deva se acomodar ou se contentar
sempre com menos.
Mas o menos, às vezes, é mais do que suficiente.

Se não dirijo a 140, preciso realmente de um carro com
tanta potência ?

Se gosto do que faço no meu trabalho, tenho que subir na
empresa e assumir o cargo de chefia que vai me matar
de estresse porque é o melhor cargo da empresa ?

E aquela TV de não sei quantas polegadas que acabou com
o espaço do meu quarto ?
O restaurante onde sinto saudades da comida de casa e vou
porque tem o "melhor chef" ?
Aquele xampu que usei durante anos tem que ser aposentado
porque agora existe um melhor e dez vezes mais caro ?
O cabeleireiro do meu bairro tem mesmo que ser trocado
pelo "melhor cabeleireiro" ?

Tenho pensado no quanto essa busca permanente do melhor
tem nos deixado ansiosos e nos impedido de desfrutar o "bom"
que já temos.

A casa que é pequena, mas nos acolhe.
O emprego que não paga tão bem, mas nos enche de alegria.
A TV que está velha, mas nunca deu defeito.
O homem que tem defeitos (como nós), mas nos faz mais
felizes do que os homens "perfeitos".
As férias que não vão ser na Europa, porque o dinheiro
não deu, mas vai me dar a chance de estar perto de quem amo.
O rosto que já não é jovem, mas carrega as marcas das
histórias que me constituem.

O corpo que já não é mais jovem, mas está vivo e
sente prazer.

Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso ?
Ou será que isso já é o melhor e na busca do "melhor"
a gente nem percebeu ?

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A TORMENTA


A TORMENTA

Contam que um dia um camponês pediu a Deus permitir-lhe mandar sobre a natureza para, segundo ele, conseguir melhores colheitas.
E DEUS LHE CONCEDEU.
Então, quando o camponês queria chuva ligeira, assim acontecia. Quando pedia sol, este brilhava. Se necessitava mais água, chovia mais regularmente.
Mas, quando chegou o tempo da colheita, sua surpresa foi grande. O resultado foi um total fracasso.
Desconcertado e meio aborrecido, perguntou a Deus por que aconteceu aquilo, se ele tinha escolhido os climas que achou mais adequados.
Ai, Deus respondeu: “ Tu pediste o que quiseste, mas não o que de verdade, convinha. Nunca pediste tormentas, e estas são muito necessárias para limpar as sementes, afugentar aves e animas que a consomem e purificá-la de pragas que a destroem...”

Assim acontece conosco. Queremos que nossa vida seja puro amor e doçura. Nada de problemas.
O otimista não é aquele que não vive as dificuldades, mas aquele que não se assusta com elas.
Por isso, podemos afirmar que as dificuldades são vantagens. As dificuldades amadurecem as pessoas, as fazem crescer.
Por isso, faz falta uma verdadeira tormenta na vida de uma pessoa para faze-la compreender o quanto se tem preocupações com bobagens, por chuvas passageiras.
O importante não é fugir das tormentas, mas ter fé e confiança em que logo passarão e nos deixarão algo de bom em nossas vidas.
Há derrotas que tem mais dignidade do que a vitória....
Uma retirada a tempo é em si, uma vitória.
O primeiro êxito não significa vitória e o primeiro fracasso não significa derrota.
Pergunta-te se o que estás fazendo hoje te aproximará do lugar aonde queres estar amanhã.
Antes de por uma barreira em tua vida, recorda o que vais deixar dentro e o que ficará fora.

DEUS GUARDE O TEU CAMINHO !!!

terça-feira, 20 de abril de 2010

CERTIFICADO DE RECONHECIMENTO INTERNACIONAL


CERTIFICADO DE RECONHECIMENTO INTERNACIONAL



Com muito COMPANHEIRISMO, ORGULHO e HONRA, dividimos com todo o Lions Clube de Brodowski e com o Distrito LC-6, o certificado de apreciação outorgado pelo Presidente Internacional da AILC, CL Eberhad J. WIRFS, através do CL Antonio Carlos Bittar, Governador do Distrito LC-6, ao CL Antonio Douglas Zapolla, associado fundador do Lions Clube de Brodowski ( 09 de fevereiro de 1.977), entregue na XI Convenç

sexta-feira, 26 de março de 2010

MUSEU CASA DE PORTINARI COMPLETA 40 ANOS




No dia 14 de março DE 2010, quando comemorou 4 décadas, a instituição deu início a uma programação especial que se estenderá pelo ano todo.
O Museu Casa de Portinari, instituição da Secretaria de Estado da Cultura administrada em convênio com a ACAM Portinari, comemorou seus 40 anos durante uma cerimônia para aproximadamente 160 convidados, no último domingo (14/03), em Brodowski. No evento, foram homenageados, além do patrono da instituição, o artista Candido Portinari, 35 pessoas que estiveram presentes na solenidade de abertura, em 1970, e foram reconhecidas por meio de fotografias.
Segundo a museóloga e diretora da ACAM Portinari, Angélica Fabbri, a cerimônia foi uma forma de relembrar as figuras importantes que estiveram presentes na inauguração da instituição. “Essa homenagem só foi possível por meio da recuperação de arquivos e documentos originais importantíssimos, como o álbum de inauguração do museu”, explica a museóloga.
Entre os presentes no evento, estavam Antonio Ulhoa Carvalho e Zaía Barquete Carvalho, amigos dos pais de Candinho. Eles se lembram da aglomeração que tomava conta de Brodowski quando Portinari chegava e da emoção que a cidade sentia por ter em sua história um pintor tão importante. “Para nós, a comemoração aos 40 anos do museu é uma justa homenagem ao filho maior de Brodowski, Candido Portinari. Não temos nem palavras para expressar nossa emoção, neste que dia vai ficar na lembrança”, finaliza Zaía, que se diz honrada por seus netos serem também sobrinhos-netos do pintor.
Um dos meninos de Brodowski, retratado por Portinari quando tinha apenas 10 anos, foi homenageado também na ocasião. Arduíno Morando lembra que quando criança lavava os pincéis do artista, durante seus retornos a Brodowski, e que recebia em troca algumas moedas. Depois de crescido, Arduíno foi vereador e trabalhou na Câmara Municipal para que a casa do pintor se transformasse em museu. “Na época (1970) fiquei muito feliz com a passagem da casa para museu. Hoje me sinto muito emocionado por estar presente nos 40 anos, é gratificante poder participar dessa cerimônia”, relembra.
O evento ainda contou com a participação do atual diretor do Departamento de Cultura e Turismo de Brodowksi, José Marcos Passos Valente, que durante seu discurso afirmou ser a instituição “um expoente máximo do que é Brodowski”. O ex-prefeito Mario Fabbri, cuja gestão foi responsável pela criação do museu na década de 70, também recebeu homenagem especial, com a leitura do discurso de inauguração por seu filho Mario Fabbri Jr.
Durante o evento, o museu também deu início a uma programação especial: até o dia 21 de março os visitantes poderão assistir a vídeos que contam a trajetória dos 40 anos e participar de um concurso cultural que premiará, com livros, os autores das frases que melhor definam as quatro décadas da instituição.
“Completar 40 anos mostra como é importante construir obras que vão além dos limites locais, como é o caso do Museu Casa de Portinari. A intenção do nosso trabalho é transmitir esse patrimônio para as próximas gerações” afirma a museóloga Angelica Fabbri. Segundo ela, a comemoração do último dia 14 foi apenas simbólica. “O Museu Casa de Portinari pretende continuar festejando os seus 40 anos ao longo de 2010.”

Obs.: Na ocasião, foi exibido em telão um documentário com as fotos da Inauguração do Museu Casa de Portinari, identificando 35 pessoas (autoridades, visitantes, estudantes), e associando-as aos dias de hoje. Este documentário foi ofertado a todas estas pessoas pela direção do Museu Casa de Portinari, num gesto de profunda gratidão

Atendimento à imprensa
Núcleo da Notícia Comunicação Corporativa:
Tel. (16) 3237.7367/68
Ana Lígia Vasconcellos – (16) 9233-0624
anavasconcellos@nucleodanoticia.com.br
André Luís Rezende – (16) 8142.4299
andreluisrezende@nucleodanoticia.com.br
www.nucleodanoticia.com.br

sexta-feira, 12 de março de 2010

A ANSIEDADE


A ansiedade

A ansiedade é como um jogo de dominós. A ansiedade de cada um detona a ansiedade de todos e a reação de todos é condizente com a ansiedade de cada um, o que provoca muitas vezes, desentendimentos de destruição. Muitas vidas se perdem, muitas relações se desfazem, muitos negócios deixam de se concretizar por conta da ansiedade.

Para desfazer o poder da ansiedade, é necessário em primeiro lugar que compreendamos que ela existe e como se manifesta. Compreendendo como se manifesta, fortalecemos em nós a consciência de que ela está presente e nos preparamos para enfrentar a situação de forma consciente, amorosa e pacífica, para desfazer o seu poder, força e ação.

Primeiro passo, para enfrentar a ansiedade é aprender a respirar de forma correta. Através do alento conseguimos manter um nós um ritmo suave de paz, que nos auxilia a viver a vida de forma mais intensa e prospera. Se pensamos no meio de torvelinhos de emoção, pouco conseguimos na vida, mas se pensamos com a paz, crescemos e somos mais.

Se soubermos que a ansiedade existe e que muitas pessoas gritam por conta dela, podemos esperar passar a força da ansiedade meditando no alento, até que ela passe e só depois nos manifestamos pacientemente. Essa é a forma mais inteligente de ser pró-ativo em nossas vidas, por isso, seja você também uma ponte para a paz e o amor no mundo.

Ricardo Steindorfer Proença
Publicado no Recanto das Letras em 11/03/2010

quinta-feira, 4 de março de 2010

MOMENTOS DIFICEIS



MOMENTOS DIFÍCEIS

Autor Desconhecido

Por vezes nos encontramos em momentos difíceis, em fases dolorosas, onde a falta de direção é clara, onde a coragem, a confiança e o amor próprio são consumidos por uma voraz ansiedade, pelo vazio, pela confusão de pensamentos...
E, na maioria das vezes, não nos damos conta de que nós próprios criamos tais infernos. Condutas erráticas, escolhas equivocadas cerceiam-nos a oportunidade de crescer perante nossos olhos, nosso coração.
Em nenhum momento da vida devemos abandonar a guarda, a evolução, à mercê dos outros.
Quem deve abrir os nossos caminhos, somos nós mesmos.
Caminhos onde percorremos sózinhos, pois a evolução somente a nós pertence, só diz respeito a nós próprios.
Nossa ajuda se faz necessária para que a paz seja algo presente nos nossos dias, pois, a nossa busca, mesmo que não saibamos, continua silenciosa, dentro de nós, feito uma flor que desabrocha aos poucos, sútilmente, à espera da nossa presença para transformar-se na nossa realidade a qual devemos viver.
Ofereçamos oportunidade ao nosso despertar, através da disponibilidade em sermos presentes, em estarmos atentos, confiantes e amorosos em nosso caminhar. Lembremos que este é o nosso principal propósito. Sem a paz de espírito não poderemos desfrutar do que a vida nos tem a oferecer, pois, somente na presença da paz e do conhecimento é que podemos ter olhos para ver e coração para sentir as inúmeras belezas que nos cercam.

quarta-feira, 3 de março de 2010

SOU DO TEMPO ....



Sou do tempo em que ainda se faziam visitas. Lembro-me de minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite.
Ninguém avisava nada, o costume era chegar de paraquedas mesmo. E os donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um.
– Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a comadre.
E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a mão dos meus irmãos. Aí chegava outro menino. Repetia-se toda a diplomacia..
– Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável!
A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados todos num mesmo sofá, entreolhando-nos e olhando a casa do tal compadre. Retratos na parede, duas imagens de santos numa cantoneira, flores na mesinha de centro... casa singela e acolhedora. A nossa também era assim.
Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras que era também costume servir um bom café aos visitantes. Como um anjo benfazejo, surgia alguém lá da cozinha – geralmente uma das filhas – e dizia:
– Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa.
Tratava-se de uma metonímia gastronômica. O café era apenas uma parte: pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite... tudo sobre a mesa.
Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. As gargalhadas também.. Pra que televisão? Pra que rua? Pra que droga? A vida estava ali, no riso, no café, na conversa, no abraço, na esperança.... Era a vida respingando eternidade nos momentos que acabam.... era a vida transbordando simplicidade, alegria e amizade...
Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a esquina. Ainda nos acenávamos. E voltávamos para casa, caminhada muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura e pela acolhida. Era assim também lá em casa.. Recebíamos as visitas com o coração em festa.. A mesma alegria se repetia. Quando iam embora, t ambém ficávamos, a família toda, à porta. Olhávamos, olhávamos... até que sumissem no horizonte da noite.
O tempo passou e me formei em solidão. Tive bons professores: televisão, vídeo, DVD, e-mail... Cada um na sua e ninguém na de ninguém. Não se recebe mais em casa. Agora a gente combina encontros com os amigos fora de casa:
– Vamos marcar uma saída!... – ninguém quer entrar mais.
Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas. Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores.
Casas trancadas.. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a lembrança do café, dos pães, do bolo, das broas, do queijo fresco, da manteiga, dos biscoitos do leite...
Que saudade do compadre e da comadre!


José Antônio Oliveira de Resende



Professor de Prática de Ensino de Língua Portuguesa, do Departamento de Letras, Artes e Cultura,
da Universidade Federal de São João del-Rei.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

LC BRODOWSKI RECEPCIONA GOVERNADOR NOS SEUS 33 ANOS


Em uma inesquecivel noite de companheirismo, de leonismo e de FAMILIA, o LC Brodowski recebeu no dia 09 de fevereiro de 2.010, 3a. feira, no Centro Social Lions Clube, a visita oficial do casal Governador do Distrito LC-6, AL 2009/2010, CL ANTONIO CARLOS BITTAR / CaL EDILEILA, que vieram trazer a sua mensagem com muito COMPANHEIRISMO, ORGULHO E HONRA.
O casal chegou a Brodowski no período da tarde, e acompanhado da diretoria do clube, visitou e conheceu a cidade, seus pontos turísticos, obras do Lions Clube ( Velório Municipal e Centro Social), tendo tido a melhor das impressões da Terra de Portinari, conhecendo também as esculturas do renomado pintor/escultor Adélio Sarro, que fez obras de grande valor cultural na Praças das Artes e na Praça José Zapolla. No Museu Casa de Portinari, que atualmente está realizando a exposição CARNAVAL NO MUSEU, com obras do pintor relacionados ao tema, foram recepcionados com muita atenção pela equipe de monitores, conheceu o grande acervo de Portinari, e seu emocionou ao conhecer a obra SANTO ANTONIO, mostrando-se grande devoto do mesmo. O CL Bittar mostrou um grande conhecimento sobre o acervo e obras de Candido Portinari, que muito emocionaram também os monitores do Museu.
À noite, numa demonstração do grande carisma do casa Governador e também da amizade que o LC Brodowski desfruta em toda a região, a reunião foi das mais significativas, tendo a presença de 16 clubes representados (Altinópolis, Batatais, Brodowski Cajuru, Cravinhos, Sertãozinho, Franca-Centro, Franca-Cidade Nova, Franca-Imperador, Franca-Inovação, Mirassol, Pedregulho/Usina de Estreito, Ribeirão Preto-Centro, Ribeirão Preto-Jardim Paulista, Ribeirão Preto-Ipiranga, Ribeirão Preto/Campos Elíseos). Destaque também a presença de 4 Ex-Governadores do Distrito: ALCIDES VIOTTO, ANTONIO PAULO CALIENTO/DEISY, GILBERTO ANTONIO MARQUES BELLINI/MARIA APARECIDA e MANOEL DA ROCHA FREITAS/CELIA, grande numero de assessores distritais e vários presidentes de clubes. Nesta reunião, foi lembrado também o 33º aniversário de fundação do LC Brodowski. (09.02.1977).
A formação da mesa principal esteve a cargo do CL Antonio Olimpio Dias, sendo a Invocação a Deus feita pelo CL Luiz Paulo Chapina. Iniciando o protocolo, após o Hino a Bandeira, o CL Presidente Caetano Adami Neto, presidiu os trabalhos, nomeando como Mestre de Cerimônias o CL José Mário Jorge. Os informes sociais foram feitos pelo CL José Luiz Suares Pugnolli e a saudação ao CL Governador e demais visitantes feita pelo CL Antonio Douglas Zapolla, associado ativo fundador do LC Brodowski.
Entre os visitantes, estiveram presentes, representando a Prefeitura Municipal, o Sr. Alessandro Rufato, Oficial de Gabinete; Sr. Gilmar Berlese/Sra. Ivana, Presidente da Câmara Municipal, Dr. Brandão, representando o Rotary Clube de Brodowski, Srta. Rosameire Morando, Presidente da Associação Cultural dos Amigos do Museu Casa de Portinari, as Profas. Daniela e Cléia, da EMEF Profa. Elza Leite da Costa, sr. Helio Thomazella Jr, Presidente da APAE;
Em mensagens marcantes, que dignificaram o evento, falaram, dentro do protocolo leonístico, o CaL Maria Aparecida Ortolan Bellini, do LC Sertãozinho, Presidente de Região D, representando os dirigentes leonísticos e clubes visitantes. Em nome das autoridades locais, falou o Sr. GILMAR BERLESE, Presidente da Câmara Municipal de Brodowski, que testemunhou o grande trabalho que o clube desenvolve na comunidade. O Dr. Alessandro, Representante do Prefeito Municipal, entregou ao Casal Governador, Decreto Municipal no qual ambos foram declarados HOSPEDES OFICIAIS DO MUNICIPIO neste dia 09 de fevereiro. Em nome dos fundadores ( CCLL Antonio Douglas Zapolla/Tarcilia, João Piola/Ercilia (este ausente do ato) e Nelson Agostinho/Sandra, ambos atualmente na categoria de privilegiados) falou o CL Nelson Agostinho que emocionado, destacou a grande trajetória do clube nestes 33 anos, sendo realmente um clube atuante e que tem como marca registrado no distrito, o seu grande sendo de companheirismo e amizade, aliado a uma gama de serviços prestados à comunidade. E encerrou puxando o Parabéns a você, cantado por todos os presentes.
O CL Elves Sciarretta Carreira, Assessor Adjunto do Concurso Cartaz sobre a Paz, região D, do Distrito LC-6, e associado do LC Brodowski, comandou a entrega da premiação ao aluno PEDRO WOCK RODRIGUES, da EMEF Elza Leite da Costa, que este acompanhado de sua mãe D. Cristina, da diretoria da Escola, oferecido pelo LC Brodowski e comunicou que o trabalho deste aluno foi o vencedor do concurso a nível do Distrito LC-6 e foi convidado pelo casal governador a comparecerem no 3º CD a ser realizado no dia 21 pv, em Tanabi, onde irá receber o premio oferecido pelo distrito. *um computado portátil,
Em sua mensagem de esperança no leonismo e traduzindo toda a sua liderança e seu trabalho À frente da Governadoria do Distrito LC-6, o CL ANTONIO CARLOS BITTAR / CaL EDILEILA, deixou a todos uma mensagem de fé e de paz, conclamando realmente a todos, leões ou não, lutarem pela paz, na busca do bem coletivo, da valorização do ser humano como prestador de serviço e lutarem pelo leonismo, sempre com muito COMPANHEIRISMO, ORGULHO E HONRA.
Para os leões e domadoras do LC Brodowski ficou patenteado mais uma vez que a semente do serviço desinteressado e do companheirismo que foi plantada no dia 09 de fevereiro de 1.977, através do LC Batatais, clube padrinho, continua germinando e fornecendo frutos bons e saudáveis, traduzido na presença, no prestigio e na amizade dos nossos clubes vizinhos e dirigentes leonísticos, que não é quebrado nem com as falhas protocolares, comum em uma assembléia Festiva, ocasionadas por aquele atropelo para se formar devidamente o protocolo leonístico, com vários CCLL chegando em cima da hora e juntos, e que todos aceitam com muita tolerância. Acrescente-se a tudo isso, o reconhecimento das nossas autoridades constituídas locais, e que a cada vez que se renova, fornece o adubo necessário para que em Brodowski, o LC Brodowski, que um dia foi chamado, carinhosamente pelo nosso clube Padrinho e pelo antigo L-17, de MENINOS DE BRODOWSKI, e que mesmo tendo crescido, mostra no amadurecimento leonístico, que a valorização deste serviço desinteressado e do verdadeiro companheirismo, continua vivo, atuante, enfrentando e vencendo barreiras e obstáculos e que com o amor e dedicação que o casal Presidente CL Caetano Adami Neto / Dom. Rosa Meire, através do lema COMPANHEIRISMO PARA MELHOR SERVIR ! não irá morrer jamais.
Não poderia deixar de cumprimentar o casal Presidente CL CAETANO ADAMI NETO / Dom. ROSA MEIRE, do LC BRODOWSKI, que nesta dia/tarde/noite, deram a demonstração do verdadeiro amor, incondicional, sincero e leal, ao clube , à causa leonística e á FAMÍLIA. Não só pela dedicação total na preparação da recepção ao casal governador e da assembléia geral festiva, mas principalmente, mesmo estando enfrentando problemas pessoais graves de saúde de seu pai, Sr. João Adami, soube conduzir com muita sabedoria, com muito amor fraternal, com muita compreensão, sem descuidar nem do Lions e nem do seu pai, principalmente, a situação que enfrentava. Parabéns, CL Presidente Caetano.
Mais uma vez, aprendemos a admirá-lo, a nos espelhar em suas atitudes e em sua demonstração de um verdadeiro AMOR incondicional, para continuarmos acreditamos, não só no leonismo, mas principalmente no HOMEM, no SER HUMANO, no AMOR !!!
CL Caetano, Dom. Rosa Meire, voces são GENTE !! Voces são o verdadeiro CASAL LEÃO !! Voces são os verdadeiros FILHOS !!!
Que DEUS, o nosso Grande Arquiteto do Universo, os abençõe sempre !!
Obrigado, em nome de todos da familia leonística !!!

OBS.: O Sr. JOÃO ADAMI, pai do CL Caetano Adami Neto, Presidente do Lions Clube de Brodowski, faleceu aos 90 anos de idade, no dia 17 de fevereiro de 2.010. Ao CL Caetano, aos seus irmãos Valentim e Odete , à sua mãe Ercilia, e a todos os familiares, os nossos sentidos pesames.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

A FOTOGRAFIA DIGITAL


A Fotografia Digital

A fotografia digital representa uma evolução importante na arte de fotografar e guardar para sempre os momentos inesquecíveis.

Aqui seguem algumas dicas para você tirar mais proveito da tecnologia e mantê-la a sua disposição.

1- Tamanho e peso da imagem:

Bem vindo(a) ao mundo dos “megapixels”, unidade abreviada como MP. Você certamente já ouviu falar nisso.

Quanto maior, melhor, mas tem lá seus limites.

A não ser que você tenha uma empresa de impressão de outdoor, busdoor, impressão de grandes imagens, seja fotografo de uma revista ou exerça qualquer atividade profissional nesta área, você deve diminuir o nivel de resolução da sua camera.

Trabalhar com a câmera sempre no máximo de resolução você faz fotos pesadas, que demoram a ser descarregadas para o computador e que normalmente ocupam desnecessariamente muito espaço no seu HD.

Para fotos impressas até um tamanho 13×18 (normalmente usam o 10×15), você pode tranquilamente abaixar a resolução da sua camera para o padrão minimo e fazer imagens do tamanho 640×480 pixels. Fazendo isso, você verá como aumentará a capacidade de armazenamento da sua camera, aumentará a velocidade de descarregamento e ainda verá como seu computador sofrerá muito menos para guardar e trabalhar com esses arquivos.

2- Enquadramento

Tente fugir do clichê de colocar o assunto sempre no meio da foto.

Deslocar o objeto principal da imagem pode fazer toda a diferença para deixá-la mais interessante.

Divida mentalmente o visor da câmera em três colunas e três linhas, como em um jogo da velha. As intersecções das linhas são os pontos mais interessenantes da sua foto.

As linhas em si também mostram pontos de destaque, para colocar os olhos de uma pessoa ou o horizonte, por exemplo.

3- Flash necessário

Um ambiente escuro não é o único lugar onde o flash é um acessório necessário.

Em uma foto contra-luz, por exemplo, o flash pode ser usado como preenchimento.

Quando você for tirar uma fotografia de alguém com uma fonte de luz ao fundo, como o sol, por exemplo, você pode notar que o sol vai ficar brilhante e somente a silhueta da pessoa vai aparecer. Neste caso o flash irá suprir a falta de luz, deixando ambos visíveis.

4- Cuidado com o fundo

Tenha muito cuidado ao selecionar o local onde você vai tirar um retrato.

A escolha do que aparece ao fundo é tão importante quando o que vem em primeiro plano.

Cores vibrantes, linhas e outros objetos podem interferir ou tirar a atenção do foco. Um erro engraçado, porém muito comum, é tirar foto de uma pessoa em frente a uma árvore onde os galhos parecem formar chifres sobre sua cabeça.

5- Retratos

Aproxime-se.

Quando o assunto é uma pessoa, o que se quer mostrar é, a pessoa.

Não tenha medo de chegar perto.

O que não pode acontecer é aquele monte de nada na volta e um pequeno sujeito no meio.

6- Experimente

Não há melhor dica do que esta: experimente. O segredo da fotografia está na tentativa e erro. Leia de cabo a rabo o manual da sua câmera, para saber tudo que ela é capaz, e tente todas as configurações possíveis.

A fotografia é muito subjetiva, não há regras. O mais importante é aprender a dominar a luz e sua câmera, para depois fazer o que quiser.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

QUE BOM !!!


QUE BOM!!!

Que bom que não sou o melhor de todos,
Porque ainda me resta um caminho a
Percorrer para procurar melhorar.

Que bom que não tenho tudo,
Só assim me animo a lutar pelo que me falta.

É realmente bom que não saiba tudo,
Se soubesse, não teria o que aprender.

Que bom que eu tenho defeitos,
Se não os tivesse, viveria só e
Não compreenderia as falhas do meu próximo.

Que bom que não sou o mais forte do Mundo,
Se o fosse, não precisaria de quem me auxiliasse
E não compreenderia a solidariedade e a ajuda,
Porque tentaria fazer tudo sozinho.

Que bom que não estou sozinho,
Se você não existisse,
Eu não perceberia o quanto preciso corrigir-me.

Que bom que somos uma Equipe,
Que necessitamos um do outro,
Que buscamos caminhos
Para transformar e crescer !

domingo, 24 de janeiro de 2010

B R O D O W S K I


ORIGEM DO NOME DA CIDADE BRODOWSKI

Brodowski (polonesa): A data de fundação é 05 de setembro de 1894 e o nome é uma homenagem ao engenheiro polonês Alexander Brodowski, responsável pela construção da estação de trem ao redor da qual surgiu a cidade. Foi elevada a município em 22 de agosto de 1913.

NA TERRA NATAL DE PORTINARI, O ARTISTA GANHOU
UM MUSEU EM SUA HOMENAGEM

Portinari nasceu em 1903, numa fazenda próxima à cidade de Brodowski, em São Paulo. No local onde ganhou a vida, está instalado, desde 1970, o Museu Casa de Portinari. A homenagem ao artista abriga parte de seu acervo, principalmente aquele em pintura mural – uma vez que as gravuras estão nas paredes da construção. A temática sacra é predominante nas obras.



Fachada do Museu Casa de Portinari


Os trabalhos, realizados nas técnicas de afresco e têmpera, dividem espaço com uma coleção de desenhos, objetos pessoais e profissionais, móveis, utensílios e documentos que pertenceram à sua família e a Portinari.

O museu é organizado em salas de exposições e outras que ainda mantém o aspecto original de quando a família Portinari vivia no local. O artista passou a infância e juventude na residência. Além de pintor, Portinari também atuou como poeta, desenhista e político. Por esse motivo, no museu, existem salas de exposições que retratam as várias facetas do artista.



Detalhe da “Capela da Nonna”
Uma das obras que mais prende a atenção no museu é o a capela. O interessante é que os rostos dos santos retratados nas paredes – da chamada “Capela da Nonna” – possuem as feições dos membros da família de Cândido Portinari. construída em 1941 nos jardins da casa. O espaço foi um presente a avó do artista para que pudesse realizar suas orações ali mesmo, no quintal da casa.



Alguns cômodos da casa possuem a decoração original: cozinha da casa onde Portinari morou


A Casa de Portinari foi tombada, primeiramente, pelo então Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico nacional, em 1968. Um ano depois, a casa foi desapropriada e adquirida pelo Governo do Estado de São Paulo. Já em 1970, a construção foi tombada, só que dessa vez pelo CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo. No mesmo ano o museu foi fundado; desde então, o local passou por intervenções a fim de restaurar danos.

Em frente ao museu Casa de Portinari fica a Igreja de Santo Antônio localizada na Praça Cândido Portinari. Em 1942, o artista doou uma pintura em óleo sobre tela retratando o santo. Conta-se que a vontade de Portinari é que a pintura nunca saia dali.


Serviço

Praça Candido Portinari, 298
Visitação pública: terça a sexta das 8h às 12h e das 13h às 17h
Aos sábados, domingos e feriados das 9h às 12h e das 13h às 17h
Tel: 16 3664 4284

Texto: Daniella Cornachione
Fotos: Douglas Video Foto


HISTÓRIA

O ponto de partida para a formação de Brodowski foi a instalação de uma linha ferroviária que unia Visconde de Parnaíba e Batatais. O engenheiro Brodowski, inspetor da Companhia Mogiana, atendendo à demanda dos moradores da região, construiu, em 1893, uma estação em terreno doado por Lúcio Enéas de Melo Fagundes. Várias casas foram construídas ao redor da estação, formando então o povoado, fundado no ano seguinte.
Nessa época, foram erguidas a Capela de Santa Cecília e a de Nossa Senhora Aparecida, atual Capela de Santo Antônio. Tal crescimento possibilitou que o povoado fosse elevado a distrito do município de Batatais em 2 de setembro de 1902 e, posteriormente, em 22 de agosto de 1913, adquirisse autonomia municipal.


Fonte: Fundação SEADE - 2006

BENS TOMBADOS

CASA DE CÂNDIDO PORTINARI

Praça Cândido Portinari
Processo: 16223/70
Tomb.: ex-officio em 22/1/70
Tomb.: Iphan em 9/12/68
Livro do Tombo Histórico:
Inscrição nº 7, p. 2, 27/4/1971

Cândido Portinari (1903–1962), filho de Giovanni Batista Portinari e Domenica di Bassano, nasceu na Fazenda Santa Rosa e, em 1912, transferiu-se com a família para Brodowski, residindo na casa que pertenceu aos seus avós. Desde pequeno interessou-se pela pintura e, na década de 20, morando e produzindo no Rio de Janeiro, obteve o reconhecimento da crítica especializada pelo seu trabalho. A partir daí, projetou-se mundialmente, dedicando toda a sua vida à produção artística e legando-nos um acervo de inestimável valor.

A residência, construída no começo deste século, foi desapropriada, em 1969, pelo governo estadual. Atualmente nela funciona o Museu Cândido Portinari onde podem ser vistos 6 afrescos e 9 obras a têmpera. Do lado da casa, em uma capela, os afrescos por ele pintados foram restaurados em 1993.

Fonte: Arquivo Condephaat / Condephaat • 2007

visite

www.cidadespaulistas.com.br

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

33 ANOS DO LIONS CLUBE DE BRODOWSKI - 09/02/2010



VALORIZANDO UM TRABALHO DO PASSADO PROJETANDO UM FUTURO PROMISSOR


Neste AL 2009/2010 que marca o 33º aniversário de fundação do LC Brodowski, entre as várias atividades que vem sendo desenvolvidas para comemorar a data, vale registrar um trabalho feito num passado recente, para dar a geração atual, um pouco do que foi o clube, motivando para que continue crescendo e sendo sempre o mesmo LIONS CLUBE DE BRODOWSKI, não importando o ano.
Fundado em 09 de fevereiro de 1.977, já em novembro de 1.978, iniciava a luta para a construção de um velório, grande anseio da população na época. Na gestão do CL Antonio Douglas Zapolla (AL 1978/1979), foi conseguida a doação de um terreno através da Prefeitura Municipal (Prefeito Sr. José Grandi), no centro da cidade, à Rua General Carneiro, ao lado da Praça da Matriz. (Boletim Leão de Brodowski, nº 3, novembro/78). Com campanhas de garrafa, sorteio de um carro 0 km, (10.02.1979) e tantas outras, em 24 de agosto de 1.980, o VELORIO LIONS CLUBE foi inaugurado, na gestão do ex CL José Carlos Rinaldi (AL 1980/1981), com presença de vários dirigentes leonísticos, entre eles o Governador CL Osvaldecir Ap. Roque. Hoje é administrado pela Prefeitura Municipal.
Em novembro de 1979, conseguiu opção para fundação de um Lions Clube em JARDINÓPOLIS, na gestão do ex CL José Mauro Adami, onde foram escolhidos como Padrinhos Físicos, os CCLL João Piola e Sebastião Furlan, e como Leão Orientador o CL Nelson Agostinho. (boletim nº 13, novembro/1979). O grupo foi formado com 20 pessoas da sociedade jardinopolense, e já em maio de 1.980, era constituída a primeira diretoria assim formada: Presidente: JOSÉ D´AFLITTO, Secretário: MOACIR DOMINGOS DE SOUZA e Tesoureiro: NELSON CALADO JR. (boletim nº 19, maio/1980).

A fundação aconteceu no dia 27 de maio de 1.980, na gestão do CL José Mauro Adami, quando era Governador do L-17, o CL Helvécio de Mendonça Henriques. (boletim nº 20, julho/1980). Infelizmente, em 1984, o LC Jardinópolis, por problemas internos, foi desativado. Mas, valeu o trabalho, tanto de Brodowski como de Jardinópolis.
Neste período de tempo, entre outras atividades, o LC fez a Campanha da Arvore, distribuindo 2.300 mudas na cidade; administração de um estacionamento durante o carnaval de 1.983; quermesse no pateo da Escola de contabilidade (28 e 29 de abril de 1.980); participação no 1º Campeonato de Integração do L-17, sagrando-se, em final disputada em Ituverava-SP, campeão da Região H e vice campeão do Distrito (final em Ibirá-SP, dia 16/3/1980); (outubro /novembro); promoveu Forum Leonístico das Regiões H-1 e H_2; distribuiu 110 sacolas no Natal de 1980; na campanha da garrafa, visando fundos para a construção do velório, arrecadou 20.000 unidades, 2.500 ks de cacos de vidro; domadoras promoveram diversas bazares beneficentes em 1979 e 1980. Nos dias 22 e 23 de novembro de 1.980, sediou a II Distrital do L-17, com a presença de 727 participantes (Presidente: CL José Carlos Rinaldi, Governador CL Luiz Carlos Cardoso do Prado); realizou campeonatos de truco, a nível de clube e também na comunidade; em 1981 fez a II campanha da garrafa; nos dias 11 e 12 de abril de 1.981 realizou o Bazar da Pechincha. Continuando, em agosto de 1.982, fez um show para os pacientes da Casa de Repouso São João Batista, como Grupo Vida Jovem, em setembro, na Escola Tiradentes realizou um Concurso da Semana da Pátria; a 2ª. Campanha da Garrafa arrecadou 9.805 unidades, 3.750 ks. de vidro quebrado e 850 ks. de ferro velho; em 21//1982, realizou no Salão Paroquial, o Festival da Música Sertaneja, com participação de cantores profissionais; no Natal 1982 distribuiu 125 sacolas de mantimentos; em 07/03/1982 sediou o Fórum Leonístico Região H, com palestra do CL Sebastião Fernando Gomes, em abril/1982 iniciou nova Campanha da Garrafa; em 02 de maio de 1.982, promoveu um dia de companheirismo, recebendo o LC Franca-Sobral.
Para provar o grande trabalho e a responsabilidade que este grupo estava tendo para com o leonismo, outra prova de coragem e de companheirismo, além de amor ao serviço desinteressado, em um clube que estava ainda engatinhando, mas que em 5 anos já tinha construído uma obra de utilidade pública, que já tinha fundado um novo Lions Clube, que já tinha feito tanto, outro marco histórico na vida do LC Brodowski foi assumido por este grupo de jovens, chamados de MENINOS DE BRODOWSKI.
Este aconteceu em 18 de agosto de 1.982, quando o LC recebeu da Prefeitura Municipal, através da Lei nº 647, o terreno de 1.500 m2 para construção do CENTRO SOCIAL LIONS CLUBE, em documento assinado pelo então Presidente CL João Piola, cuja pedra fundamental foi lançada no dia 23 de janeiro 1983 e em fevereiro de 1.986, as reuniões passaram a ser semanais no salão principal desta obra. Antes eram realizadas na Escola de Contabilidade, da Profa. Rosameire Morando.
Em 09 de janeiro de 1.983, realizou o JOGO DA BONDADE, com uma seleção de Leões e uma seleção de jogadores profissionais, lideradas por Baldochi (campeão do mundo) e Hegydio (jogador do Corinthians); em 27/03/1983 promoveu o Fórum Leonístico H, com palestra pelo CL Gilberto Bellini, de Sertãozinho; em 20/04/1983, fez novo show para os pacientes da Casa de Repouso São João Batista; foi o clube vencedor do 9º CONCURSO NACIONAL DE BOLETINS LEONISTICO DO BRASIL, AL 1982/1983, promovido pelo LC Rio de Janeiro-Madureira (L-3), o primeiro clube do L-17 a conseguir tal honraria, entregue no dia 23/08/1983, no Rio de Janeiro, e recebido pelos CCLL João Piola/Ercilia, Presidente, e CL Douglas/Tarcília, Editor, tendo então promovido o 10º concurso Nacional, AL 1983/84 vencido pelo LC São Paulo-Vila Carrão, e neste o LEÃO DE BRODOWSKI ficou em 3º lugar, em premiação realizada no dia 30/08/1985, em São Paulo, com 11 representantes.
Em 9/10 de julho de 1.983, realizou quermesse no Asilo Lar da Fraternidade; 18/8/83, final do campeonato municipal de truco; em 25/02/1984, realizou o 1º FESTIVAL DO CHOPP, na Escola Tiradentes; no dia 22/07/1984, outro fato marcante quando da realização de uma feijoada, a mesma foi totalmente estragada no dia da realização, e a comunidade, entendendo a situação, não criou nenhum problema e esta feijoada foi realizada no mês seguinte, com sucesso total; na IX Semana de PORTINARI, em 1984, promoção de uma ginkana cultural, na Praça Portinari, apresentada pelo CL Douglas, debaixo de um temporal, mas com presença maciça de todas as escolas; em 01/09/1984, promoção de um show com o cantor Miltinho Rodrigues; em outubro, compra das telhas do Centro Social, no valor de (pasmem) Cr$ 6.086.850,00; em 11/11/84, sediou o II Fórum Leonístico H, com palestra do CL Ecyr Alves Ferreira, de ITUVERAVA; em fevereiro de 1.985, o LC recebeu doação pró Centro Social do Dr. J. Saulo Ramos, no valor de Cr$ 5.000.000,00; em 09/03/1985, promoveu a II Festa do Chopp, na Escola Tiradentes; em 21/22 de setembro de 1.985, promoveu a FEIRA DO VERDE, com venda de centenas de mudas de arvores; em outubro/85, recebeu doação de Cr$ 1.000.000,00 do Banespa pró Centro Social.
Como vemos, em apenas 9 anos, o Lions Clube de Brodowski valorizou o leonismo, promoveu o companheirismo, fez obras relevantes; e além do resumo acima, quantas foram as atividades realizadas, as feijoadas, as quermesses, os bailes, campanhas da Arvore, quantas centenas de visitas realizadas a outros Lions, quanta ajuda prestada, quanta participação cultural feita, enfim, foi (e ainda é), um verdadeiro LIONS CLUBE. Quem quiser ver e se emocionar com os MENINOS DE BRODOWSKI, relembrar tudo que marcou o clube, consulte a coleção do boletim LEÃO DE BRODOWSKI, à disposição de todos, tanto no clube, como com o seu editor, CL Douglas, que desde 1979 até hoje, é o responsável pelo mesmo.
Hoje, aos 33 anos de vida, mesmo com o grupo tendo envelhecido (são 3 fundadores ainda, 2 privilegiados e um ativo), com a renovação, com a dificuldade atual, o LIONS CLUBE DE BRODOWSKI continua a sua missão.
Não queremos viver do passado porque águas passadas não movem moinhos, mas este relato foi feito apenas com a intenção de mostrar para a nossa geração o quanto foi importante o leonismo dentro de nossa Brodowski, para que possamos continuar vivendo e praticando, como realmente fazemos neste novo grupo, pequeno na quantidade, mas grande na qualidade, o verdadeiro sentido da filosofia de Melvin Jones, fundador do leonismo, em 1917, em Chicago-USA, e mostrando que, para o bem pessoal, para o bem de nossa cidade, de nosso distrito, vale a pena ser LEÃO.
O atual casal Presidente CL Caetano Adami Neto / Dom. Rosa Meire, que pela segunda vez dirigem o clube (1994/1995 e 2009/2010) vem provando, junto com todos os companheiros e domadoras, que o leonismo brodowskiano continua vivo e forte. Desde 2003/2004 na gestão do CL Douglas/Tarcilia , que continuou em 2004/2005 (a primeira foi em 1978/1979), em 2005/2006, com CL Elves/Maria Aparecida, em 2006/2007, com CL Edison / Ana, em 2007/2008 e 2008/2009, com CL Antonio Olimpio Dias / Ivoni, este grupo atual se consolidou e se reforçou com os CCLL Celso Reatto/Márcia, José Luiz Suarez Pugnoli/Carmem,João Paulo Chapina/Elizandra e José Emilio Reato / Célia, esta geração de leões e domadoras, e com a futura chegada do GUILHERME / RAFAELA ( ele filho do casal Presidente), seremos sempre fortes, unidos e solidários.
CCLL, Domadoras, continuem valorizando o nosso movimento, continuem FAZENDO COMPANHEIRISMO PARA MELHOR SERVIR, porque assim todos nós, comunidade, distrito, associação, LC Brodowski, estaremos provando sempre que NÓS SERVIMOS, e que podemos ser dignos de pertencermos à Associação Internacional de Lions Clubes.

CL ANTONIO DOUGLAS ZAPOLLA
Brodowski-SP, 13 de outubro de 2.009

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O QUE É DE FATO SIGNIFICATIVO ??




O que é de fato significativo?

O filho que muitas vezes não limpa o quarto e fica vendo televisão, significa que... esta em casa!
A desordem que tenho que limpar depois de uma festa,
significa que.... estivemos rodeados de familiares e amigos!
As roupas que estão apertadas, significa que... tenho mais do que o suficiente para comer!
O trabalho que tenho em limpar a casa, significa que... tenho uma casa!
As queixas que escuto acerca do governo, significa que... tenho liberdade de expressão!
Não encontro estacionamento, significa que... tenho carro!
Os gritos das crianças, significa que... posso ouvir!
O cansaço no final do dia, significa que... posso trabalhar!
O despertador que me acorda todas as manhãs, significa que... estou vivo!
Finalmente pela quantidade de mensagens que recebo, significa que... tenho amigos pensando em mim!

'QUANDO PENSARES QUE A VIDA TE CORRE MAL...
LEIA OUTRA VEZ ESTA MENSAGEM!!!'

A FELICIDADE EXIGE VALENTIA

A felicidade exige valentia.


'Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado
algumas vezes, mas, não esqueço de que minha vida
é a maior empresa do mundo, e posso evitar
que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar
de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar
um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz
de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo... '

Fernando Pessoa - 120 anos

COLUNA DO JORNAL TRIBUNA DA IMPRENSA - DEZEMBRO/2009


CANTINHO DO LIONS CLUBE DE BRODOWSKI
E DO SERVIÇO DESINTERESSADO – III
( Jornal : TRIBUNA DA IMPRENSA – Brodowski-SP)

(por Antonio Douglas Zapolla )


Numa parceria com a Fundação D´Paschoal, o Lions Clube de Brodowski fez a doação de 400 livros didáticos de excelente qualidade para a EMEF de Tempo Integral Prof. José da Silva Passos. A direção da escola, através da Diretora Profa. Maria Cristina Christovan Frigeri destacou que os livros serão importantes para aprimorar a educação e a cultura dos alunos. A entrega foi feita no dia 03/11 e no dia 03/12, através do CL Caetano Adami Neto, Presidente do LC , CL Chapina e CL Douglas.

Procurando sempre colaborar com o Meio Ambiente, o clube está estudando a viabilidade da edição do próximo boletim LEÃO DE BRODOWSKI, a ser editado em DEZEMBRO, com papel reciclado. É uma gota no oceano, mas se todos procurassem fazer a sua parte, a nosso planeta Terra seria melhor.

No dia 30/10, na visita do casal Governador do Distrito LC-6, CL Antonio Carlos Bittar/Edileila, do LC Mirassol, ao LC CRAVINHOS, o LC Brodowski esteve representado por 12 pessoas : CL Caetano/Meire, José Mário/Mariza, Edison Luiz/Ana Elisa, Guilherme/Rafaella, Douglas, José Luiz Pugnoli, Elves e Raul. O evento foi um verdadeiro encontro regional de clubes e mostrou a pujança do nosso leonismo. Na visita oficial aos 4 Lions Clubes de Franca, o clube foi representado pelo casal CL Antonio Olimpio Dias/Ivoni, e no LC Sertãozinho através dos CCLL Caetano, Emilio, Edison e José Luiz Pugnoli.

No dia 04/11, o CL Elves, Assessor Adj. do Concurso Cartaz sobre a Paz, juntamente o Assessor Distrital, CL João Rodini Luiz, de Ribeirão Preto, acompanhados do CL Douglas, estiveram na Associação Cultural dos Amigos Museu Casa de Portinari, tratando de assuntos relacionados a este concurso. A escolha do cartaz feita pelo LC Brodowski na EMEF Profa. Elza Leite da Costa, bem como a escolha do cartaz que irá representar o Distrito, serão feitas no Museu Casa de Portinari, através de pessoas ligadas à Arte.

Graças à importante colaboração e espírito altruístico do Dr. FÁBIO VIEIRA, conceituado oftalmologista de Ribeirão Preto, o LC Brodowski conseguiu consultas e operações de cataratas para as Sras. Benedita Pupim e Jacira Pereira dos Santos. Ao Dr. Fábio e à toda sua equipe, os agradecimentos do LC BRODOWSKI.

Procurando se adequar às necessidades básicas de higiene e saúde, o CENTRO SOCIAL LIONS CLUBE, modernizou os seus banheiros e cozinhas, com a instalação dos equipamentos necessários. A reformulação foi coordenada pelo CL José Luiz S. Pugnolli, e o beneficio, tanto para os Lions como para a comunidade, será muito grande.

O CENTRO SOCIAL LIONS CLUBE que constantemente é usado por autoridades, secretarias municipais, igrejas e entidades locais, passou por uma reforma para oferecer melhores condições de uso e está também à disposição para eventos sociais e festivos, bastante o interessado contatar o Diretor, José Luiz Suarez Pugnoli, no telefone 9208-8681, ou com o Presidente Caetano, 3664-4463.

No dia 10/12, o LC Brodowski estará sediando o II Comitê Assessor da Região D-3, em evento coordenado pelo CL José Mário Bazan, Presidente de Divisão D-3, e aqui estarão presentes os nossos dirigentes e os clubes de Altinópolis, Batatais, Brodowski, Cajuru, Ribeirão Preto-Jardim Paulista e Ribeirão Preto/Campos Elíseos.

O LC Brodowski já iniciou a venda de uma promoção do Distrito LC-6, cujo premio será uma moto BIZ, a ser sorteada no dia 03/04/2010. O preço unitário é de R$ 1,99 e a renda será revertida em prol da Campanha Sight First II, que atende às necessidades mundiais no combate à cegueira e os males da visão.

O jovem GUILHERME BARTOLOMEU ADAMI, filho do casal Presidente CL Caetano Adami Neto/Rosa Meire, tem participado de todas as reuniões do clube, bem como acompanhado as visitas aos outros clubes da região, sempre acompanhado de sua namorada Rafaella. Com certeza, ainda neste AL 2009/2010, o Guilherme, para alegria de seus pais e da família leonística será o futuro associado do Lions Clube de Brodowski.